Notícias
campus party 04fev

Executivas dão 5 dicas para mulheres na indústria de tecnologia

A Campus Party 2015, oitava edição do evento de tecnologia e cultura pop e nerd,  que acontece em São Paulo (SP), no São Paulo Expo, até o dia 8/02, reuniu Laura Gonzalez-Estefani, Jacqueline Lee, Gabriela Viana e Mubarik Imam em debate sobre o mercado de trabalho para as mulheres profissionais da área tecnológica. As executivas trabalham como Head de Parcerias na America Latina do Facebook, Diretora de Marketing da Qualcomm, Diretora de Marketing da Xiaomi e Diretora de Desenvolvimento de Negócios do WhatsApp, respectivamente.

Elas destacaram importantes características das mulheres nas empresas, como a compaixão, mas ressaltaram a necessidade de um ambiente de trabalho positivo para essa e outras habilidades se manifestarem. Confira abaixo cinco dicas dadas durante a palestra para a mulher se empoderar não só na tecnologia, mas em qualquer outro setor:

1) Não deixe os outros te limitarem

Mubarik Ibam, do WhatsApp, conta que quando era estudante, ouviu seu professor de física dizer que as garotas não “precisavam aprender aquilo”, porque provavelmente não iriam usar no futuro. “A melhor forma de provar que não é assim é ir lá e fazer isso”, conta Mubarik.

2) Autoconfiança e autoestima são essenciais

Um dos pontos mais frisados pelas executivas á a importância de as mulheres serem mais confiantes não só no seu trabalho, mas também nos seus desafios. “Ser autoconfiante te dará liberdade e te levará para tão longe quanto você desejar ir”, defende Laura Gonzalez-Estani, do Facebook.

3) Tome a iniciativa

Muitas vezes, as mulheres são colocadas em situações desconfortáveis ou desfavoráveis dentro de uma empresa. Porém, como ressalta Mubarik, cabe a ela mesmo tomar a iniciativa para mudar isso. “Uma vez estava em uma reunião com executivos do WhatsApp e até o proprio cofundador, quando um deles foi falar algo e se virou de costas para mim. Tive que ir para o outro lado da mesa para fazer parte da conversa”, conta a diretora do app.

4) Saiba dizer “não”

Saber aceitar um desafio ou tarefa é importante, mas saber dizer “não” e uma dádiva. Não é difícil ouvir histórias de mulheres que ficaram com medo de perder seu emprego e, por conta disso, aceitaram imposições abusivas. No entanto, para mudar esse “terrorismo” é preciso começar dizendo não. “Diga não. Faça o que você quer. Se você tem valor para a empresa, ela deve aceitar que você tem limites”, afirma Gabriela Viana, da Xiaomi.

5) Não deixe o trabalho tomar conta da vida pessoal

Para as mulheres que estão crescendo dentro de uma companhia, não é dificil perceber que a vida pessoal começa a ser afetada e perder espaço no dia a dia. Na opinião de Jacqueline Lee, da Qualcomm, é preciso saber separar as coisas. “Se concentre na sua família quando estiver com ela. Não responda e-mails fora do horário de trabalho, por exemplo”, recomenda.

Fonte: Olhar Digital

 

 

Voltar para notícias